Um homem, que seria ex-vereador e policial aposentado, aparece em um vídeo que viralizou nas redes sociais efetuando um disparo de arma de fogo durante uma discussão com moradores do bairro Tanguá, em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com informações da polícia, ele teria ido ao local para tirar satisfações com os proprietários de uma residência, de onde alguns cachorros saíram e avançaram contra o filho dele, que fazia uma caminhada na região.

No vídeo, é possível ver o homem acompanhado do filho saindo do carro e reclamando com os moradores pelo fato dos animais estarem soltos e já terem atacado ele também. Após uma discussão acalorada, o homem e o garoto retornam para dentro do veículo.

De dentro do carro, ele mostra aos moradores uma arma. Uma das pessoas envolvidas na briga pede para o homem atirar e ele efetua um disparo para o alto. Na sequência, ele abandona o local. (assista abaixo)

 

 

Por conta de obras no bairro, a casa estaria sem muros e cercas, dessa forma cachorros ficariam soltos pelos arredores da propriedade.

O garoto teria dito à polícia que pegou algumas pedras para tenta despistar os cães, mas não chegou a usá-las. Uma discussão teria começado a partir desse momento, com o filho do homem sendo ameaçado pelos moradores. Por outro lado, os moradores dizem que eles é quem foram ameaçados pelo garoto, que em seguida voltou ao local de carro com o pai.

Em entrevista à RPC, o delegado Tiago Dantas afirma que o homem disse ter efetuado o disparo para conseguir sair do local. “Na versão do suspeito, ele disse que chegando foi tratado de forma agressiva e tinha uma superioridade numérica das pessoas da residência. Aí, em um momento de desespero, efetuou o disparo para que conseguisse sair daquele local”, disse o delegado.

Um inquérito foi aberto pela Delegacia de Almirante Tamandaré para investigar o caso. O espaço da reportagem está aberto para ouvir a versão do ex-vereador, de seu filho e dos moradores.