A chuva que cai desde a noite de domingo vai se afastar a partir da manhã desta terça-feira e os institutos de meteorologia alertam para um episódio de calor histórico que atingirá o Brasil nesta semana, com temperatura acima dos 40ºC na região Sul. Em Curitiba, por exemplo, a temperatura máxima na quinta-feira pode chegar a até 35°C.

(Foto: AEN)

 

Segundo o instituto MetSul, existe a possibilidade de que sejam quebrados recordes de temperatura máxima em algumas cidades do Sul e que as marcas figurem entre as mais altas já registradas na história em algumas regiões. “O episódio de calor pela sua dimensão e intensidade recordará eventos extremos de temperatura alta e ar seco que costumam atingir a Califórnia e Austrália”, afirmou o MetSul em comunicado.

O Sul do Brasil sofrerá os efeitos do calor, especialmente o Noroeste e o Norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná. “Máximas acima de 40ºC devem ser esperadas no Oeste e no Norte paranaense. Uma corrente de jato mais uma vez potente vai transportar ar muito seco e quente da Bolívia e do Paraguai, onde as máximas podem atingir 44ºC a 46ºC com novos recordes absolutos, para o Sul do país”, aponta o MetSul.

Em Curitiba, entre quarta e sexta-feira, as temperaturas máximas devem ficar entre 30°C e 35°C. A meteorologista Larissa Freitas, do Sistema Meteorológico Simepar, afirmou à Banda B que a chuva perde força e, a partir de amanhã, o calor começa a chegar. “A frente fria começa a ir embora na terça-feira  e uma massa de ar vai se estabelecer no Paraná, sofrendo um rápido aquecimento e com um máxima prevista para Curitiba de 34°C na quinta-feira. No Norte do Paraná, a tendência é das máximas se aproximarem dos 40°C com facilidade”, descreveu.