Alunos e professores da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), em Curitiba, criaram uma plataforma que auxilia gestores a prever o impacto do coronavírus a longo prazo. Desenvolvido pelo Departamento de Mecânica, o portal pode ser acessado por qualquer pessoa e também mostra o grau de risco em cada município.

Reprodução

De acordo com a coordenadora do projeto, Cássia Ugaya, a ideia surgiu por conta das divergências de decisões tomadas por autoridades. “A ideia é auxiliar os tomadores de decisão dos estados e municípios, para que possam tomar ações relacionadas à Covid-19. Percebemos que há muita diferenciação dentro do país e por conta disso existem algumas decisões tomadas nacionalmente e regionalmente”, contou em entrevista à Banda B nesta segunda-feira (8).

De acordo com a coordenadora, as previsões podem ser alteradas dependendo das ações tomadas por governantes. “Sabemos que as previsões são alteradas ao longo do tempo, por conta das ações que são realizadas, para facilitar os tomadores de decisão que resolvemos disponibilizar este site”, explicou Ugaya.

Os dados são coletados de vários modelos para formar uma previsão sólida. “Há um grupo, que não é o nosso, juntando dados de todas as secretarias de saúde, e deixando disponível no site deles. Além disso, utilizamos outras informações e tivemos que adaptar do modelo original para que pudéssemos ter essas simulações das previsões futuras”, falou a professora.

A professora Cássia Ugaya acredita que é essencial o cidadão entender de que forma a pandemia está se desenvolvendo em seu município. “Isso (o projeto) é importante para que as pessoas tenham noção do grau de risco existe na região que elas se encontram. O site, de forma visual, permite que as pessoas verifiquem o número de casos e óbitos”, contou Cássia.

A plataforma é gratuita e pode ser acessada por qualquer pessoa, basta clicar neste link https://gyro.ct.utfpr.edu.br/4life.