Pela 62ª vez, os capuchinhos da Igreja das Mercês recebem motoristas nesta primeira sexta-feira do ano para a tradicional benção de carros. Desde as 6 horas, 50 freis de várias regiões do Brasil estão em frente a Paróquia Nossa Senhora das Mercês, conhecida como a Igreja dos Capuchinhos, para abençoar os carros, motocicletas, caminhões e motoristas. A benção está prevista para acontecer até as 21 horas.

Para a Banda B, o frei Rivaldo garantiu que a benção é rápida e muito bem-vinda todos. “Foi organizado todo nosso staff para que pudéssemos atender rápido e bem a todos que vierem até aqui participar dessa benção. São mais de 50 freis vindo de vários estados do Brasil e do Paraguai, também”, garantiu.

A estimativa é que a bênção atraia cerca de 13 mil veículos ao local. Não haverá bloqueios nas ruas, mas a ação pode deixar o trânsito mais lento nas ruas próximas à igreja, localizada na Avenida Manoel Ribas, entre as ruas Júlio Perneta e Tenente João Gomes da Silva. “Atendemos com duas equipes na Avenida Manoel Ribas, em frente a Igreja das Mercês, e na Júlio Perneta, na lateral, com oito freis”, disse o frei Rivaldo.

O dia de benção acontece há 62 anos e foi transferida de julho para janeiro. “Já é uma tradição, em Curitiba começou, na verdade, em 1952 com a chamada Benção de São Cristóvão, no mês de julho, com uma procissão. Depois, a partir de 1957 é que foi criada a benção na primeira sexta-feira do ano para dar início a um ano abençoado. De lá para cá, não falhou nenhum ano, são 62 anos de bençãos”, finalizou.

Perdeu?

Para quem está viajando ou não conseguirá ir até a Igreja dos Capuchinhos nessa sexta-feira, a benção continua em todos os dias úteis do ano. De acordo com a paróquia, as bênçãos ocorrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h, e aos sábados, das 9h30 às 11h30 e das 14h às 17h.