Investimentos, reorganização e tecnologia. Estes são os três pilares da gestão do secretário de Educação de São José dos Pinhais (SJP), Imar Augusto. Foi o que ele revelou nesta semana ao Jornal Metropolitano*, da Rádio Banda B. A volta das merendas e agendas gratuitas, investimento de mais de R$ 30,5 milhões em unidades educacionais e digitalização de todo o controle educacional estão entre os principais pontos de novidade para 2020.

Secretário Imar Augusto e Luiz Henrique de Oliveira em entrevista para o Jornal Metropolitano

 

São José dos Pinhais tem uma grande extensão e 80% da área está na zona rural. São 112 unidades de ensino – desde as creches (Cmeis) até o 5°ano -, 3,5 mil servidores e 35 mil alunos atendidos em toda a rede de ensino. “Quanto maior a cidade, maior a população. Buscamos uma educação uniforme e de excelência desde a escola mais próxima à sede até a do Castelhanos, que fica a 65 km do Centro, no limite com Guaratuba”, destacou.

Para o ano que vem, uma grande novidade, de acordo com o secretário, será a digitalização do sistema educacional. “Anunciamos nesta semana a aquisição, por meio de licitação, de uma plataforma digital para SJP. A partir do ano que vem, a educação passará por uma atualização para que os bancos de dados sejam alimentados através de um celular, onde estará toda a vida de nossos alunos. A partir deste sistema, vamos abolir o sistema livro de chamada e o pai terá controle total sobre fichas e apontamentos sobre a aula e tudo mais. Vai beneficiar e muito todo o sistema”, ressaltou o secretário.

Além da digitalização, Imar Augusto contou que muitos investimentos estão a caminho. “Garantimos junto à Caixa uma linha de crédito no valor de R$ 30 milhões destinados à educação. Será encaminhado à Secretária de Obras a solicitação para a licitação e construções de CMEIS (creches), escolas e quadras cobertas novas. Com recurso na conta, iniciamos o processo e as obras”, falou.

Além disso, o secretário de educação salientou outras novidades relacionadas a contrapartidas com o setor imobiliário. “Temos contrapartidas para reformas de CMEIS e escolas. Como os CMEIS Flor de Liz e Trilha das Araucárias, além da Escola Municipal José de Anchieta. Isso tudo nos deixa com o sentimento de dever cumprido”, apontou.

Capacitação professor

Capacitação do professor e concurso público estão previstos para 2020 (Foto: EBC)

 

Imar Augusto é professor e, durante a entrevista, falou sobre a importância na capacitação do profissional de Educação. “Professor é uma terminologia agradável e acolhedora. É o que verdadeiramente somos e gostamos. Jamais um professor será substituído. A presença física dele é fundamental. É fato que o amor e o acolhimento não passa por uma máquina. Buscamos sempre a valorização e capacitação dele”, disse.

Em seguida, Imar confirmou a realização de um Concurso Público para 2020. Importante, inclusive, para atender a demanda, especialmente nas creches (CMEIs). “Estamos há dois anos sem concurso público. Nestes últimos meses, isso foi concretizado e será homologado até janeiro. Precisamos de muitos professores para atender as nossas crianças na área da educação infantil, porque no fundamental está ok. Sabemos dessa necessidade de atendimento nas creches e buscamos isso”, detalhou.

Uniformes e agendas

O secretário ainda falou sobre a volta dos uniformes e agendas gratuitas para o estudante da rede municipal de ensino. “Focamos em organizar a casa e atender aos anseios da comunidade. Lá em 2005, quando estive na secretária, implantamos uniformes e agendas para todos. Ao longo do tempo, isso foi se perdendo, mas quero deixar a comunidade tranquila. Está em confecção todos os uniformes até o 5° ano. No início de 2020 tudo será recebido, em um investimento de R$ 3,2 milhões. Investimento, porque na educação se investe e não se gasta”, disse.

Unidades Especiais

Por fim, o secretário falou sobre o ensino especial de São José dos Pinhais, que é referência. “A Escola Madre Paulina, por exemplo, é um sonho que tornou-se realidade. É um modelo para o Brasil, com 270 estudantes”, concluiu.

*O Jornal Metropolitano vai ao ar aos sábados, a partir das 23 horas, e também aos domingos, às 6 horas – AM 550 e FM 107,1 – com apresentação de Elizangela Jubanski e Luiz Henrique de Oliveira