O tio da deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, José Ortêncio Petters, morreu atropelado na noite desta terça-feira (27), no km 0 da BR-277, em Paranaguá, litoral do Paraná. Ele foi atropelado por uma caminhonete branca, por volta das 21 horas, ao atravessar o pátio de acesso ao pátio de triagem do Porto de Paranaguá. O motorista da caminhonete fugiu do local sem prestar socorro.

Hortêncio morreu na noite desta terça-feira – Reprodução facebook

Acionadas, equipes de emergência da concessionária Ecovia tentaram reanimá-lo, porém, ele não resistiu e morreu no local. Policiais rodoviários federais também atenderam a ocorrência.

De acordo com informações apuradas pela Banda B, Ortêncio tinha 68 anos e estava indo ver os caminhões dele que haviam sido deixados para arrumar em uma oficina próxima. O local praticamente não tem iluminação.

Local do acidente – Reprodução Ilha do Mel FM/Facebook

Ele era apaixonado por caminhões e tinha casa em Paranaguá. Irmão da mãe de Gleisi, Ortêncio tinha acabado de se recuperar da Covid-19. Deixa esposa e duas filhas.

A assessoria de Gleisi confirmou o acidente e o parentesco, eivando uma nota à reportagem: “Com tristeza recebi a notícia do falecimento do meu tio José Petters, o Zezo, um dos irmãos mais novos de minha mãe. Homem trabalhador, caminhoneiro, assim como foi meu pai. Quero externar meus sentimentos à toda família, principalmente a Cida sua esposa e aos meus primos, seus filhos. Ficará sempre na lembrança de nossa família.” Gleisi Hoffmann

Nas redes, amigos lamentam a perda. “Esse sim foi um homem trabalhador noites e noites viradas. Descanse em paz seu Hortêncio”.