Moradores do bairro Umbará, em Curitiba, estão revoltados com um complexo esportivo na região. Nos últimos três finais de semana, o local estaria sendo palco de um campeonato entre times de futebol amador.

Foto: Colaboração

“Todo final de semana está tendo campeonato ali. A Guarda Municipal passa na frente, conversa com o pessoal, mas quando ligamos para o 156 a alegação é de que os agentes não têm o poder de fechar o local. Quem teria o poder de cassar o alvará é o departamento de Urbanismo da Prefeitura, mas a gente já abriu vários protocolos com eles e nada foi feito”, reclama uma testemunha dos jogos à Banda B, que preferiu não se identificar.

Com a pandemia, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem adotado regras para amparar as atividades no município e impedir o funcionamento daquelas que não respeitam o distanciamento social e outros protocolos para conter a propagação do coronavírus.

Anexo ao complexo, haveria um bar onde acontece a venda de cervejas e, segundo os relatos, o pessoal se reúne para dançar e cantar. ” O bar está sempre cheio de gente. O pessoal toma cerveja, canta, dança e não estão nem aí”, afirma a testemunha.

Para evitar a fiscalização, os portões principais do complexo esportivo estariam cobertos por lonas pretas. Os times estariam entrando em campo por um portão lateral, de onde é possível flagrar os jogos.

De acordo com outro morador da região, com a volta do campeonato amador, os times que se recusassem a voltar seriam desclassificados. “Nos períodos em que estava mais rígida a fiscalização, eles suspenderam o campeonato. Mas faz três finais de semana que eles retomaram. Tenho um conhecido meu que disse que continuaram pedindo para voltar, mesmo tendo alguns que não queriam, então eles decidiram voltar e quem não fosse jogar ia ser desclassificado”, revela.

A reportagem da Banda B entrou em contato com a Prefeitura de Curitiba, que disse que todos os dias há fiscalização, durante o dia e a noite. Mas não haveria tantos fiscais para dar conta imediatamente de todas as denúncias.