Um taxista viveu verdadeiros momentos de terror na noite do último sábado (23), após ficar preso dentro de um carro em chamas, em Antonina, no Litoral do Paraná. Mas, graças a ação de um policial militar, ele teve o que comemorar no final, já que o seu destino poderia ser muito pior.

Foto: Colaboração

O soldado Chiarelli, do 9.º Batalhão da Polícia Militar, relata que saía de casa quando percebeu o carro pegando fogo e imediatamente agiu. “Eu escutei um barulho e logo vi o carro pegando fogo. Cheguei perto e vi o motorista dentro, então tentei ajudar, já que nem mesmo a janela estava aberta para evitar uma asfixia. Como a porta não destravava, tive que pedir bastante calma para ele e comecei a forçar a porta junto com ele. Posteriormente então, vi o pino abaixado. Provavelmente no desespero, ele não tinha percebido”, relatou.

A situação aconteceu durante a madrugada, no bairro Caixa D’Água.

Apesar de perder o veículo, o motorista já mais calmo agradeceu a ação do policial. “É muito gratificante. Essa não é a primeira vez que eu consigo ajudar e parece que Deus já nos coloca na profissão para isso”, concluiu.

No fim, os danos foram apenas materiais.