A Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), que foi a causa da morte de três crianças infectadas pelo coronavírus no Paraná, é um dos pontos que preocupa o comitê de volta às aulas do Governo do Estado. De acordo com o secretário Beto Preto, o Paraná já tem 11 notificações da doença, o que de certa forma muda a percepção da infeção em crianças e adolescentes.

Volta as aulas pode começar a acontecer em 19 de outubro (Foto: Hedeson Alves/AEN)

“Desde o início da pandemia, tem-se aquela ideia de que a criança é mais assintomática, ou seja, evolui com a doença sem ter sintomas, e age como vetor de transmissão para outros indivíduos: pais, mães, avós, avôs, tios, tias, pessoas que convivem com elas em suas casas. Mas esse é um ponto que vem mudando nos últimos 60, 90 dias, com a entrada dessa síndrome, e que tem sido descrita na literatura mundial”, disse o secretário.

Das vítimas mortas pela SIM-P, duas tinham paralisia cerebral, de cinco e 15 anos, e uma terceira, de 13, não apresentava nenhum fator de risco.

Segundo Beto Preto, isso tem pesado nas discussões do comitê. “A volta às aulas depende muitas vezes de uma tomada de decisão administrativa e política, mas aqui no Paraná nós temos feito um trabalho técnico-epidemiológico. Por isso que todas as medidas de cautela e cuidado foram tomadas até agora, o que reflete nos números. Tomar decisão em uma pandemia que ninguém conhece efetivamente o desempenho e a mudança de cepas do vírus, também é buscar um pouco de luz nessa escuridão que se dá em torno do coronavírus”, concluiu.

Volta

Na mesma audiência, que ocorreu na Assembleia Legislativa do Paraná, Beto Preto informou que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) estuda liberar o retorno às aulas presenciais a partir do próximo dia 19 de outubro. Inicialmente, como prevê o plano-piloto da Secretaria Estadual da Educação (Seed), o retorno ocorreria apenas em regiões com menor incidência de casos e de mortes. Há uma sinalização para possível retorno em três regiões do Paraná: Irati, Guarapuava e União da Vitória.