O IPMC (Instituto de Previdência dos Servidores de Curitiba) começa a enviar pelos Correios ainda nesta semana uma notificação a todos os aposentados da Prefeitura de Curitiba e pensionistas que tenham seus nomes e CPF na lista de pessoas que receberam indevidamente o auxílio emergencial do governo federal criado devido à pandemia do novo coronavírus.

Levantamento preliminar do IPMC revela que pelo menos 255 beneficiários aparecem na lista elaborada pelo Tribunal de Contas da União em parceria com a Caixa Econômica Federal e Controladoria Geral da União. Para a Prefeitura de Curitiba foi enviada uma lista com os nomes de 351 pessoas, entre servidores da ativa, aposentados e pensionistas.

A avaliação é de que podem haver situações como o beneficiário estar na lista e não ter recebido ou ter recebido sem ter solicitado. Se tiver havido fraude, haverá apuração. Em todas as situações, caberá ao aposentado ou pensionista comprovar o que ocorreu. E quem tiver recebido o valor do benefício assistencial, deverá devolver o dinheiro e comprovar que devolveu.

Foto: Agência Brasil

Assim que receberem a comunicação, os beneficiários deverão entrar em contato com o Instituto por telefone – 3350 9537 ou 3350 3682, ou ainda por e-mail. O endereço eletrônico é [email protected] O  prazo máximo para entrar em contato será de dez dias, a partir do recebimento da notificação.

“Diferentemente dos servidores da ativa, nós vamos resolver estes casos de forma remota. Nossos beneficiários são, em sua maioria, do grupo de risco e não devem sair de casa”, declara o presidente do Instituto, Ary Gil Piovesan.

As orientações para a devolução estão no site do Ministério da Cidadania.