(Fotos: Flávia Barros – Banda B)

 

O governo do Paraná inaugurou, na tarde desta segunda-feira (8), a Delegacia Cidadã de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Com 1.200 metros quadrados, a nova estrutura está localizada na Rua Tenente Sandro Luiz Kampa, número 114, no bairro Iguaçu. A sede tem espaços separados para receber vítimas e suspeitos, além de ambientes isolados para atender adolescentes, mulheres e idosos. Um posto do Instituto de Identificação também funcionará no local.

A delegacia de Fazenda Rio Grande é a segunda do Paraná a receber um investimento de R$ 5,5 milhões do governo. Para o prefeito do município, Márcio Wosniak, o novo prédio reforçará os serviços de segurança pública aos moradores. “Antes a delegacia funcionava em uma casa alugada, agora está em um local com 1.200 metros quadrados, com móveis novos e tecnologia de ponta. Quem ganha é toda a população de Fazenda, Mandirituba e Agudos do Sul, que fazem parte da comarca”, comentou ele em entrevista à Banda B.

De acordo com ele, a Polícia Civil poderá contar com o apoio da prefeitura para garantir um bom atendimento à comunidade. “Nós teremos uma participação muito forte nesse processo, para identificar onde estão os pontos mais críticos e realizar um trabalho preventivo”, declarou.

A Delegacia Cidadã não possui carceragens, apenas uma cela pequena, para custódia provisória de presos, enquanto for necessário colher os depoimentos para o inquérito policial. Segundo o governador Beto Richa (PSDB), esse é um novo modelo funcional. “Esses são os novos padrões designados pelo nosso governo. A delegacia não é para manter detento, mas sim para que ele fique em custódia provisória, até ser removido para outro lugar”, comentou.

O deputado Luiz Carlos Martins (PSD) comemorou a instalação da delegacia. “Estávamos pleiteando junto ao Governo do Paraná a instalação de uma sede da delegacia cidadã em Fazenda Rio Grande e hoje este pedido se tornou realidade. O povo precisa de segurança e este atendimento mais humanizado e moderno é uma grande conquista não só do município de Fazenda Rio Grande mas de toda a região metropolitana”, afirmou Martins.

Estrutura

A edificação está dividida em dois pisos. No térreo estão as salas de atendimento ao público, plantão, investigação, cartório e defensoria pública. No andar superior, a estrutura abriga as salas de delegados, de reuniões, chefia e demais departamentos administrativos. Todas as etapas das obras foram acompanhadas e fiscalizadas pela Paraná Edificações.

A estrutura de acesso à delegacia conta com piso tátil alerta e dimensional para pessoas com deficiência visual ou baixa visão. As calçadas no entorno do prédio possuem guias rebaixadas. Internamente, o espaço tem elevadores e sanitários adaptados para pessoas com deficiência.

A Delegacia Cidadã não possui carceragens, apenas uma cela, pequena, para custódia provisória de presos, enquanto for necessário colher os depoimentos para o inquérito policial.

Outras delegacias

O primeiro município contemplado com uma Delegacia Cidadã foi Matinhos, em abril deste ano. Além dessas duas unidades, as obras das delegacias cidadãs de Pinhais e Guaratuba já estão em andamento.

Unidades que estão em fase de licitação são das delegacias cidadãs de: Almirante Tamandaré, Colombo, Ivaiporã e Araucária. Já a Delegacia Cidadã de Paranaguá já foi licitada e está em fase de assinatura do contrato.