A Secretaria Estadual da Fazenda e a Receita Estadual deflagraram, na manhã desta quinta-feira (30), uma operação de combate ao contrabando no Paraná. O Brasil deixou de arrecadar, no ano passado, mais de R$ 60 bilhões em impostos por conta do mercado de produtos comercializados ilegalmente.

(Foto: Divulgação)

Aproximadamente 390 fiscais da Secretaria da Fazenda e Receita Estadual estão atuando em todas as regiões do Estado. O secretário Renê Garcia Junior está acompanhando pessoalmente os trabalhos. Ações neste sentido, segundo as autoridades, serão realizadas rotineiramente em todo Paraná.

Reconhecimento

Um empresário, que atua no ramo de vinhos finos e distribuição de bebidas em Curitiba, enviou áudio ao presidente do Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares de Curitiba (SindiAbrabar), Fábio Aguayo, relatando uma fiscalização nas primeiras horas do dia.

“A Receita Estadual chegou em mais uma loja do nosso grupo e gostaria de enviar este áudio para o secretário agradecendo a ação. Acho que estamos no caminho, está de parabéns. A fiscalização está forte, estão brigando contra a sonegação e é bem importante isto. Estão de parabéns”, disse o empresário.

“A luta contra o contrabando e a comercialização de produtos falsificados é uma bandeira antiga da nossa categoria”, ressaltou Fábio Aguayo. “Só podemos elogiar esta ação e torcer para inibir cada vez mais este tipo de prática no Paraná e no Brasil”, completou.