O prefeito de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, Toninho Fenelon, afirmou que a cidade não deve prorrogar as medidas restritivas previstas em decreto estadual. O anúncio foi feito na noite desta segunda-feira (13) em live transmitida na página no Facebook da prefeitura. Com a decisão, o comércio deve reabrir as portas a partir desta quarta-feira (15).

Foto: Arquivo

“Uma vez terminado o decreto do governo, não vamos prorrogar o nosso decreto. Isso quer dizer que a partir de quarta-feira a gente tá liberando todo o nosso comércio. Mas isso não quer dizer que nós deixaremos de atender, se por um acaso vier um decreto do governo estadual, mas a princípio é essa a nossa decisão”, disse o prefeito.

O governo estadual deve decidir pela prorrogação ou não do decreto estadual, publicado no dia 30 de junho, nesta terça-feira (14). A prorrogação pode ser de até sete dias.

Fenelon disse ainda que está preocupado em salvar vidas, mas também com a economia local. Ele pede aos comerciantes que com a reabertura mantenham as recomendações das autoridades de saúde para evitar o contágio do novo coronavírus.

“Quero pedir aos nossos comerciantes que, reaberto o comércio, a gente mantenha todas as medidas como distanciamento, limitar o número de pessoas dentro dos estabelecimentos e tomar cuidados como o uso de máscara e álcool em gel”, pediu Fenelon.

Ao lado do prefeito, durante o anúncio da decisão de reabrir o comércio, estava o Procurador Geral do Município, Áriston Ghidin.