A Sanepar informa que neste sábado (11) está cancelado o rodízio programado, após avaliação técnica das condições de abastecimento do sistema de Curitiba e Região Metropolitana. A Companhia continua fazendo a análise diária do sistema e estuda a possibilidade de reduzir o tempo de fechamento para todos os setores e até mesmo a suspensão do rodízio, para isso depende da colaboração de todos. O alerta para o uso racional e consciente da água continua. A orientação é para que sejam priorizados os usos para o consumo humano, alimentação e higiene pessoal.

A recomendação é reaproveitar a água do tanque e da máquina de lavar roupas, reutilizando-a na limpeza, na rega de plantas, na lavagem de calçadas e tapetes e no vaso sanitário, além de reduzir o tempo no chuveiro, fechar as torneiras ao lavar louça, escovar os dentes e fazer a barba. Outras atividades, como lavar carros, calçadas, regar jardins, devem ser adiadas para quando passar o período de estiagem.

Todos os dias, a equipe técnica avalia como estão as condições dos reservatórios para decidir se mantém ou não a programação de rodízio para aquele dia. Mais abaixo tem a tabela atualizada do sistema até o dia 15 de abril, com normalização no dia 16. O período de rodízio tem início sempre às 8h, com normalização prevista para as 8h do dia seguinte.

 

Foto: Divulgação/Sanepar

 

No site www.sanepar.com.br, os clientes podem observar no mapa se haverá ou não rodízio na região onde mora.

Na tabela, quando houver repetição do nome de bairros, tratam-se de regiões diferentes no mesmo bairro.

A orientação é que os moradores façam uso racional da água, atentando para os hábitos de higiene, principalmente para a prevenção do Coronavírus (Covid-19). A recomendação da ABNT é que os imóveis tenham caixa d’água compatível com o tamanho da família, com reservação suficiente para 24 horas.

A Sanepar reitera que as áreas de produção, tratamento, distribuição e controle operacional permanecem trabalhando 24 horas por dia.

SMS – A Sanepar envia SMS (mensagem de texto para o celular) com avisos de falta d´água e outras orientações aos clientes que cadastrarem o seu telefone e autorizarem o envio das mensagens. A atualização dos dados cadastrais pode ser feita no no aplicativo Sanepar Mobile ou no site (na aba Clientes – Outros Serviços – Atualização Cadastral). Para qualquer acesso, o cliente precisa do número da matrícula do imóvel.

Hoje, no Estado, cerca de 2 milhões de clientes já cadastrados para receber avisos em seu telefone celular.

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. Para consultar esta e outras informações, use o aplicativo para celular Sanepar Mobile ou acesse sempre o site da Sanepar: www.sanepar.com.br.

 

RODÍZIO DE 12 A 15 DE ABRIL (com normalização no dia 16 pela manhã)

12 de Abril de 2020

Início: 08:00

Normalização: 13/04/2020 08:00

Bairros afetados: Curitiba (afetados pela área do Recalque do Reservatório Ceasa): Campo de Santana, Caximba, CIC, Ganchinho, Tatuquara, Umbará, Sítio Cercado.

 

13 de Abril de 2020

Início: 08:00

Normalização: 14/04/2020 08:00

Bairros afetados: São José dos Pinhais (afetados pela área do Recalque do Reservatório Arujá): Bairro Preto, Arujá, Del Rey, Quississana, Costeira, Ouro Fino.

Araucária (afetados pela área do Recalque do Reservatório Costeira): Cachoeira, Campina da Barra, Costeira, Iguaçu, Tindiquera.

 

14 de Abril de 2020

Início: 08:00

Normalização: 15/04/2020 08:00

Bairros afetados: São José dos Pinhais (afetados pela área da Gravidade do Reservatório Arujá): Aristocrata, Centro, Zaniolo, Braga, Cruzeiro, Aguas Belas, Ouro fino, Costeira, Pedro Moro, Santo Antônio, Colônia Rio Grande, Itália, Bom Jesus.

 

15 de Abril de 2020

Início: 08:00

Normalização: 16/04/2020 08:00

Bairros afetados: Curitiba (afetados pela área da Gravidade do Reservatório Campo do Santana): Campo de Santana, Caximba, CIC, Ganchinho, Tatuquara.

Araucária (afetados pela área da Gravidade do Reservatório Costeira): Campina da Barra, Costeira, Iguaçu e Tindiquera