A Sanepar retomou o procedimento de captação no Canal da Água Limpa, no Rio Iguaçu, na tarde desta terça-feira (15). Porém, novas análises ainda serão feitas para descartar a suspeita de contágio da água antes da retomada do abastecimento.

Foto: Arquivo

A empresa realiza testes de qualidade nas Estações de Tratamento de Água (ETAS) a cada meia hora e os testes realizados na ETA Iguaçu, na noite desta segunda-feira (14), identificaram elevada turbidez com índices de qualidade abaixo do padrão adotado pela Companhia.

A retomada da captação aconteceu em função da recuperação dos níveis de qualidade dentro dos parâmetros do Ministério da Saúde, de acordo com o comunicado da empresa. “Vamos começar o procedimento de aumentar a vazão, em seguida colocar água no floculador, depois decantador e filtro. Esse processo está sendo iniciado e deve avançar até amanhã cedo, quando faremos novas análises de entrada e saída”, disse a Sanepar.

Somente depois de confirmados a manutenção dos índices positivos de qualidade da água, o abastecimento a partir da ETA Iguaçu será iniciado.

Sem água

O problema provocou a suspensão do abastecimento de água em 54 bairros de Curitiba e São José dos Pinhais, na região metropolitana, em uma área que reúne cerca de 900 mil pessoas.

Os bairros afetados em Curitiba são: Água Verde, Guaíra, Parolin, Prado Velho, Rebouças, Boqueirão, Capão Raso, CIC, Fanny, Fazendinha, Hauer, Lindóia, Novo Mundo, Pinheirinho, Portão, Santa Quitéria, Seminário, Vila Izabel, Xaxim, Fazendinha, Cabral, Juvevê, Hugo Lange, Alto da Glória, Centro, Jardim Social, Bacacheri, Alto da XV, Batel, Cajuru, Uberaba, Bigorrilho, Campo Siqueira, Vila Izabel, Barrerinha, Ahú, Boa Vista, São Lourenço, Abranches, Bom Retiro, Mercês, Pilarzinho, São Francisco, São Lourenço, Vista Alegre, Cascatinha, São João e Centro Cívico.

Em São José dos Pinhais: Guatupê, Jardim Ipê, Cidade Jardim, Jardim Cristal, Ipê e Academia.