A Receita Federal apreendeu, no Porto de Paranaguá, 766 kg de cocaína que seria levado para o Porto de Le Havre, na França, nesta quinta-feira (19). A droga fazia fazia parte de uma carga de madeira, como forma de disfarce. Toda mercadoria que entra ou sai de algum país passa pela alfândega para que seja verificado se tudo está em acordo para enfim ser entregue ao importador ou exportador.

 

De acordo com a Receita Federal, esta já é a sexta vez que há apreensão de cocaína no Porto de Paranaguá, só em 2020. Ao todo, já são 2.062 kg da droga apreendida. A Receita disse que “seguirá firme, com as devidas cautelas, na fiscalização de saída e entrada de cargas no Porto”.