A queda de granizo e os ventos com mais de 100 km/h assustaram moradores do Litoral do Paraná durante a tarde desta quinta-feira (16). De acordo com o Instituto Meteorológico Simepar, toda a faixa litorânea sofreu com as chuvas, mas Guaratuba e Antonina foram as cidades em que os ventos mais fortes foram registrados.

Segundo o Corpo de Bombeiros, até 19 horas, havia uma estimativa de que cerca de 300 pessoas haviam sido afetadas em Antonina. Várias casas foram destelhadas e lonas são distribuídas para reparos emergenciais. Uma residência chegou a ter a parede derrubada durante a chuva. Na cidade, os ventos chegaram aos 102,2 km/h.

Em Paranaguá, o Corpo de Bombeiros também realizou atendimento a destelhamentos. Guaratuba registrou os ventos mais fortes, 105,5 km/h. Lá o Corpo de Bombeiros realizou o resgate de uma embarcação.

Em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, o Corpo de Bombeiros também realizou atendimentos ocasionados pela queda de granizo.

Tempo

Segundo o Simepar, na sexta-feira o deslocamento de uma frente fria pelo oceano provoca instabilidade no tempo em todas as regiões do Paraná. No decorrer da madrugada chuvas de intensidade moderada a forte, acompanhadas de descargas elétricas e rajadas de vento atingem as regiões Oeste, Sudoeste e Sul do Estado. No decorrer da manhã e tarde avançam em direção as demais áreas. Não está descartada a ocorrência de temporais localizados e queda de granizo ao longo do dia.