O Procon-PR, órgão vinculado à Secretaria de Justiça, Família e Trabalho, realiza, em parceria com a Secretaria Nacional do Consumidor entre os dias 09 e 29 de novembro de 2020, um mutirão online de renegociação de dívidas. A ação conjunta acontecerá exclusivamente pela internet, através da plataforma de solução de conflitos www.consumidor.gov.br

De acordo com o secretário da Justiça Família e Trabalho, Ney Leprevost, “O Procon-PR vai intermediar esta negociação para evitar abusos, o que torna uma excelente oportunidade para negociar sua dívida com desconto e parcelamento acessível”.

Foto: Divulgação

Muitos consumidores que estão em débito deixam de procurar o Procon-PR por se sentirem constrangidos com a situação. “Acreditamos que esse mutirão pela internet vai incentivar as pessoas a negociar suas dívidas e sair dessa situação que causa diversos transtornos na vida de qualquer cidadão”, avalia a chefe do Procon-PR, Claudia Silvano.

Após o registro na plataforma www.consumidor.gov.br, o consumidor receberá um login e uma senha, e fará o relato do seu problema, devendo informar que deseja participar do mutirão de renegociação de débitos. Após finalizar o registro, o banco, a instituição financeira, a operadora de telefonia, ou TV por assinatura tem o prazo de 15 dias para apresentar uma proposta ou resposta para o consumidor.

No momento do preenchimento do registro, é imprescindível que o consumidor informe corretamente seus telefones e e-mail para contato, pois esses dados facilitarão o atendimento por parte dos fornecedores participantes. Terminado o prazo para resposta do fornecedor, o consumidor tem o prazo de 20 dias para avaliar o retorno dado.

Participam do mutirão online as seguintes empresas: Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú, Santander, Banco Pan, Banco do Brasil, BMG, Claro, Oi, Vivo e Tim.