Davi Bregeski, de apenas 5 anos, lamentou o desaparecimento de seu grande amigo, o papagaio Louro, em vídeo publicado nas redes sociais. O animal foi visto pela última vez na noite da última segunda-feira (28), na chácara onde mora a família de Davi, no bairro Pacotuba, em Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba (RMC). O animal tem 6 anos e está na família antes mesmo do nascimento da criança.

 

Foto: Colaboração

 

A Banda B conversou nesta quarta-feira (30), com Megue Bregeski, mãe do Davi. Ela mencionou que Louro foi um presente do avô de seu marido e explicou que o animal tem liberdade porque a família mora em uma chácara. “Ele sempre fica com a gaiola aberta, mas o Louro sempre fica por aqui”. Ela também mencionou que o papagaio tem o hábito de agir igual ao filho. “Ele fala, chora e faz barulho igual ao Davi”, completou.

Megue fala que na manhã do dia em que o papagaio desapareceu, Louro também havia saído da gaiola para voar. No entanto, o marido de Megue percebeu onde ele foi. “Ele estava em um pinheiro aqui próximo”, destacou a entrevistada. Por volta das 14h, o papagaio respondeu aos chamados da família. O mesmo, porém, não aconteceu à noite, quando ele novamente saiu da gaiola, mas desapareceu em definitivo.

“À noite, ele começou a nos chamar. Quando chegamos perto dele, ele voou novamente. Mas, a gente não conseguiu ver para onde foi porque já estava escurecendo. Nós chamamos várias vezes e ele não respondeu mais. Como tem várias chácaras nesta região, corre o risco dele estar perdido em alguma casa. A gente continua procurando”, explicou.

Davi

Com o papagaio ainda desaparecido, Megue explicou que o filho não consegue dormir mais e tem feito orações para que Louro volte para casa. “Nesta noite, foi bem difícil para ele dormir. Ele se batia muito, parecia que estava sonhando com o Louro. Hoje, a gente já acordou cedo e começou a procurar desde às 5h. Mas, não tivemos resultado até agora”, lamentou.

Segundo a mãe de Davi, as varreduras continuam, porém, apesar de já ter se passado dois dias desde o desaparecimento, Megue acredita que Louro está em alguma casa na região. “Nós estamos olhando nas árvores. Chamando, assobiando, vendo se ele responde. Mas, ele já deve ter procurado água em algum lugar. A comida ele encontra nas árvores”, concluiu à Banda B.

Caso você tenha alguma informação sobre o papagaio Louro, entre em contato com o número (41) 92001-9136.

Vídeo

Veja o apelo de Davi para que o papagaio seja encontrado.