A prefeitura de Curitiba tem intensificado a fiscalização para evitar aglomerações em Curitiba. Mesmo diante das recomendações estabelecidas pelo Ministério da Saúde, inúmeras pessoas ainda desrespeitam o isolamento e colocam em risco a vida de outras pessoas. Por isso, a Secretaria Municipal de Defesa Social e a Guarda Municipal desenvolveram novas ações para garantir o cumprimento das recomendações das autoridades de saúde.

Churrasco, campeonato de pipa e futebol, são exemplos de situações que a Guarda Municipal (GM) teve de intervir nos últimos dias. A corporação tem intensificado um trabalho de orientação por toda a cidade para que não haja aglomerações de pessoas, em atendimento à resolução municipal nº 1/2020 e aos decretos que amparam medidas de prevenção ao novo coronavírus. Mas, nos últimos dias, as mais diversas situações de aglomeração aumentaram.

Foto: Divulgação

O secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, ressalta que é necessário levar a sério a pandemia que tomou conta do mundo todo: “A pandemia é muito séria para ser tratada com leviandade nesse momento, por pessoas que teimam em não seguir as determinações de órgãos de saúde e têm desrespeitado o isolamento social indicado no mundo todo como forma de conter a disseminação da doença”.

Guarda Municipal

Segundo balanço da GM, as equipes fizeram 8.345 orientações nos últimos três dias. No Xaxim, um churrasco foi desmobilizado na sexta-feira (24), na Praça Gregório Piatkowski.

Aglomerações com a participação de centenas de pessoas para campeonatos de pipas somaram 21 ocorrências, com orientações em todas as regiões da cidade. Houve apreensão de cerol – material proibido – no Cajuru e no Pinheirinho. O campo de futebol da Vila Camargo também foi espaço de reunião de uma grande quantidade de pessoas.

O trabalho de orientação da GM percorre parques, praças e eixos comerciais. Desde o início do mês, foram 12.230 pessoas orientadas. São guardas deslocados para tentar persuadir as pessoas a não continuarem com a atividade, além de aviso sonoro nas viaturas alertando sobre a necessidade de se manter a distância mínima de 1,5 metro dos demais e uso obrigatório de máscara em locais públicos.

Além da Guarda Municipal, fiscais do Urbanismo têm desenvolvido um trabalho voltado para estabelecimentos comerciais, no intuito de inibir excessos.

Parque Barigui

A Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito vai reforçar a sinalização que regulamenta o estacionamento em ruas de acesso ao Parque Barigui. Nos próximos dias, novas placas de proibido estacionar serão afixadas em pontos determinados, após vistoria de equipes técnica da Superintendência de Trânsito (Setran).

“A placa de trânsito é o dispositivo que regulamenta a proibição de estacionamento, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB)”, explica o secretário Guilherme Rangel.

Após a instalação da nova sinalização, a fiscalização de trânsito – feita por guardas municipais e por agentes de trânsito – será intensificada já no fim de semana na região, uma das quais mais tem recebido reclamação da própria população quanto a aglomerações.