Em nova ação de combate a aglomerações, a Prefeitura de Curitiba e a Polícia Militar (PM) fecharam um bar e vistoriaram outros nove ao longo da tarde deste domingo (4). Como o dia foi de sol, um número novamente muito grande de pessoas deixou o isolamento social e voltou às ruas de Curitiba.

Na Rua Deputado Leoberto Leal, no bairro Guabirotuba, fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo expediram notificação determinando a paralisação imediata das atividades em um bar e lanchonete.

No momento da interdição, o local funcionava com as mesas muito próximas umas das outras, ignorando a exigência de distanciamento de 1,5 metros entre os clientes, sem demarcações para fila no caixa, também para evitar aglomeração, e sem controle de entrada e saída de clientes. O estabelecimento foi notificado ainda por irregularidades no alvará de funcionamento.

No Cristo Rei, um bar localizado na rua Schiller, também foi notificado devido a irregularidades no alvará. Em outros oito estabelecimentos, vistoriados pelas equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) e pela equipe velada da Polícia Militar não foram registradas inadequações.

Locais públicos

Durante todo o feriado prolongado, a Guarda Municipal dispersou condutas em desacordo com as recomendações para conter o avanço da Covid-19.

Em três dias foram 144 orientações em pontos diversos, além dos atendimentos rotineiros de ocorrências – um dos maiores números registrados durante toda a história da Guarda Municipal.

“As orientações foram para atender pedidos da população, que recorreu ao telefone de emergência 153 da Guarda Municipal para relatar situações diversas”, explica o secretário de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Entre os relatos e situações constatadas, teve reuniões com grande número de pessoas, sem manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro dos demais e sem máscaras e competições esportivas nas quais há contato físico entre os participantes.

O Centro de Esporte e Lazer Bacacheri (Bacacheri), a cancha de areia ao lado da Escola Municipal Prefeito Omar Sabbag (Cajuru) e o campinho atrás do Colégio Lúcia Bastos (Alto Boqueirão) foram alguns dos locais nos quais a Guarda Municipal teve que reforçar a orientação.

Os trabalhos preventivos dos guardas se estenderam para muitos endereços, como a pista de skate da Praça da Colonização Menonita (Boqueirão), a Praça Central Norte (Cajuru), o Parque Atuba (Atuba) e o Bosque do Pilarzinho (Pilarzinho).