Dois policiais militares salvaram uma bebê de apenas 19 dias, nesta terça-feira (28), que estava engasgado com leite, no bairro Capela Velha, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

Soldado Oliveira com a mãe, o bebê e o soldado Pereira (Foto: Everson Santos/ O Popular do Paraná)

O soldado Anderson Oliveira conta que estava em patrulhamento, quando percebeu algumas pessoas em uma residência fazendo sinais com a mão pedindo para que a viatura parasse. “Estávamos passando pela residência e a gente percebeu populares fazendo sinais com a mão pedindo que a viatura parasse. Paramos, fomos verificar o que estava acontecendo e encontramos uma bebê que estava asfixiada”, disse o soldado, que fez o socorro junto com o policial Pereira.

A pele da criança, que nasceu prematura com oito meses, já estava roxa e foi necessário realizar uma manobra conhecida como “Manobra de Heimlich” para tentar o desengasgo. “Foi feito a Manobra de Heimlich e ela voltou a respirar melhor quando um pouco de leite saiu pela boca Até chorou um pouco”, contou Oliveira. Assim que a criança voltou, a mãe, bastante nervosa, começou a chorar.

Após a intervenção do policiais, uma ambulância do Samu chegou ao local e o médico fez os primeiros atendimentos. Com a ajuda de um aparelho, mais leite foi sugado dos pulmões da bebê.

Ela foi encaminhada para o Hospital Municipal de Araucária, onde ficou internada para observação e agora passa bem.