Dois policiais militares conseguiram salvar um grupo de jovens que foi levado por um correnteza no balneário Albatroz, em Matinhos, no Litoral do Paraná. A situação aconteceu na tarde deste sábado (20) e viralizou rapidamente nas redes sociais, principalmente, pela bravura dos PMs. Depois do resgate, todos foram encaminhados por ambulâncias até o Hospital Regional de Matinhos.

De acordo com o soldado Valter Viana da Silva, 30 anos, que fazia patrulhamento junto com o colega Delmir Noppe às margens da orla, várias pessoas abordaram a viatura para pedir ajuda. “Tinha muita gente acenando para a gente, descemos e fomos direto para a areia, perguntamos quem estava se afogando e uma mulher, bem desesperada, disse ‘todos’. Tirei meu colete, o cinto, meus equipamentos, o coturno e entrei. O outro policial, Delmir, que estava comigo, também. Eu fui em direção ao grupo maior e ele foi até essa pessoa que estava sozinha, um surfista entrou para me ajudar, deu a prancha dele para essas pessoas”, descreveu. “Enquanto essas seguravam a prancha, tinha uma menina de 12 e um de 18 mais longe, estavam afundando e não conseguiam chegar. Fui até ele, o acalmei, disse pra ele não me agarrar, apenas me dar a mão, ele se acalmou, fomos conversando, ele dizia que não ia conseguir, eu pedia calma, dizia que ia dar tudo certo e levei ele até a prancha”, continuou.

Nesse momento, a menina afundava e se afogava ainda mais. “Eu reuni forças, também já estava exausto, mas pensei ‘não vou deixar essa menina morrer na minha frente’. Fui até lá, ela já estava desmaiada e pedi para os surfistas virem nos ajudar, mas consegui levá-la até a prancha e ficamos aguardando apoio. Meu colega conseguiu tirar a outra menina menor, mas essa que estava comigo já estava desfalecida, quase. Eu precisava levar ela pra areia, veio outra prancha e fomos em direção à areia. Na parte que arrebenta foi muito dramático porque eu cheguei a perder ela, porque ela estava totalmente inconsciente”, completou.

Na areia, a menina inconsciente ainda foi reanimada pela equipe de policiais. Ao todo, seis pessoas foram resgatadas pelos policiais – além da garota de 12 e do jovem de 18 – outra adolescente de 12 e 13, foram socorridas, também uma 18 e um de 21 anos. Segundo os policiais, eram duas famílias diferentes, mas que estavam próximas na areia e no mar.

Vítimas

Sem a mesma sorte, três banhistas morreram afogados no litoral do Paraná, maioria no município de Matinhos.  Já na tarde deste domingo (21), um homem de 42 anos, que estava em uma cachoeira, na localidade de Bateias, a 28 quilômetros do Centro de Campo Largo, morreu afogado.