A Polícia Civil prendeu o homem acusado de participação na morte da professora Lia Gomes da Silva — a jovem foi morta na Baixada Fluminense, em 2006. Glaydestone Pereira, de 42 anos, foi capturado na Rua Ana Lima, na Vila União, em São João de Meriti, por agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), na manhã desta quarta-feira. Para chegar ao paradeiro dele, os policiais utilizaram informações recebidas pelo Disque-Denúncia.

Lia Gomes da Silva foi morta a mando da sogra Foto: Reprodução

À época, o crime ganhou repercussão: o motivo do assassinato teria sido a desaprovação da sogra da vítima, Solange Reinaldo Viana, de 64 anos, entrea professora e o marido. Ela foi condenada por ser a mandante da morte da nora.