Uma festa em um apartamento, na Avenida Visconde de Guarapuava, no bairro Batel, em Curitiba, mobilizou equipes da Polícia Militar (PM) e da Guarda Municipal (GM) na noite desta segunda-feira (21). Além do som alto e das luzes coloridas, um detalhe curioso chamou ainda mais a atenção de moradores da região, já que entre os convidados estava um enorme dragão vermelho que teria sido feito por encomenda e custou mais de 100 mil reais.

Em um vídeo enviado à Banda B, é possível ver o dragão pendurado por um guindaste sendo colocado no apartamento pela janela. Assista abaixo:

 

 

Em outro vídeo, o dragão aparece já dentro do apartamento cercado pelos convidados e de uma estrutura para festas, com iluminação de balada e globo espelhado. Assista:

 

 

Segundo informações da PM, o primeiro acionamento denunciando perturbação de sossego e aglomeração aconteceu por volta das 21h. A equipe policial foi até o local, constatou o som alto e orientou o proprietário para que baixasse o volume da música. Às 23h20, a polícia foi chamada novamente com as mesmas reclamações.

Neste segundo momento, a PM encerrou a festa e dispersou os convidados. O proprietário se desculpou, recebeu novas orientações e foi liberado.

De acordo com uma testemunha, o dragão foi esculpido por um artista plástico e teria aproximadamente 17 metros de comprimento. O evento reuniu apenas os familiares e alguns amigos próximos, além dos cerca de 10 funcionários para colocar o dragão para dentro do imóvel, ainda segundo a mesma testemunha do episódio.

Foto: Colaboração

O decreto estadual 6294/2020 que estabeleceu medidas de restrição contra a Covid-19 proíbe confraternizações e eventos presenciais que causem aglomerações com grupos de mais de 10 pessoas, excluídas da contagem crianças de até 14 anos. A exceção são ações sem contato físico, incluindo o modelo drive in.