A Polícia Civil do Paraná (PCPR) realizou buscas em três endereços, nesta quinta-feira (26), para localizar o motorista do Porsche que arrancou um poste do chão após uma forte batida, na madrugada do dia 22 de dezembro. O resultado do prontuário médico mostrou que ele apresentava sinais de embriaguez ao volante. Além disso, segundo o delegado Edgar Santana, da Delegacia de Delitos de Trânsito (DEDETRAN), uma testemunha presencial será intimada para confirmar que o motorista, além de embriagado, apresentava sinais agressivos. 

“Ontem obtivemos um documento oficial que esse homem apresentava sinais de embriague. Também conseguimos identificar uma testemunha presencial, que será intimada nas próximas horas para confirmar que o motorista apresentava sinais agressivos e de embriaguez”, esclareceu.

A colisão contra o poste aconteceu na rua Pedro Viriato Parigot de Souza, no bairro Mossunguê, em Curitiba (Foto: Colaboração)

 

Ainda segundo o delegado, o motorista ainda não é considerado foragido. “Inclusive fica o alerta para que ele apareça na nossa unidade policial, caso contrário, a PC tomará as medidas adequadas”, disse. “A situação se agrava cada vez mais, principalmente diante das diligências que foram realizadas ontem e que não localizamos o indivíduo. Precisamos localizar o veículo também, para que seja submetido a um exame pericial”, explicou.

De acordo com Santana, o condutor está respondendo por realização de manobra de veículo automotor não autorizada, que chega a uma pena de 3 anos, e agora pelo crime de embriaguez ao volante, cuja pena também pode chegar a 3 anos.

“Pelas imagens, ao que tudo indica, trata-se de manobras de exibição. Estamos diligenciando no local para ver se encontramos mais imagens de monitoramento, para constatar se há ou não outros veículos envolvidos”, completou.

A Polícia Civil optou por não divulgar o nome o nome do motorista.

“Cavalo de pau”

Na terça-feira (24), imagens que circulam pelas redes sociais e foram divulgadas pela polícia, mostram o veículo aparentemente em alta velocidade, momentos antes da colisão. Em outro vídeo, o mesmo carro também aparece realizando uma manobra conhecida como “cavalo de pau”.

A colisão contra o poste aconteceu na rua Pedro Viriato Parigot de Souza, no bairro Mossunguê, em Curitiba.

A PC-PR instaurou inquérito policial e investiga o fato.