O prefeito Rafael Greca anuncia nesta quinta-feira (13) às 15h, no Salão Brasil da Prefeitura, a instalação de uma pequena central hidrelétrica no Parque Barigui. O sistema será implantado graças à doação de uma turbina helicoidal pela Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétricas (ABRAPCH). O termo de recebimento será assinado durante a solenidade, que contará com a presença de representantes da associação.

Parque Barigui – Foto SMCS

Parte do projeto Curitiba Mais Energia, as obras devem ser iniciadas ainda neste ano e concluídas em março de 2019. O sistema de turbina helicoidal, também conhecida como Rosca de Archimedes, vai aproveitar a vazão do vertedouro do lago do Barigui e será capaz de gerar 21.600 Kwh de energia por mês, o que equivale ao uso de 135 casas.

A energia será injetada na rede da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), gerando créditos de energia a serem compensados ao município. A economia na fatura de energia elétrica pode chegar a R$ 132 mil.

Homenagem

A usina terá o nome do engenheiro Nicolau Klüppel, que dedicou anos da sua carreira ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e morreu em outubro de 2016, aos 86 anos.

Klüppel foi um dos precursores do uso de lagos para captação de água e solução às enchentes. Assim nasceram alguns dos principais parques da cidade, como o Barigui e o São Lourenço.

Mais detalhes serão divulgados pela prefeitura nesta quinta-feira.