Um paciente de 62 anos que testou positivo para o coronavírus e outra de 72, que aguarda o resultado de exames, morreram por insuficiência respiratória em duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Curitiba nesta sexta-feira (10). Em ambos os casos os pacientes tiveram todo o atendimento necessário e acabaram evoluindo para o óbito antes mesmo de uma transferência para uma casa hospitalar.

Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

 

O paciente de 62 anos, que testou positivo para a covid-19, procurou a UPA do bairro Pinheirinho já com a situação bastante comprometida, por volta das 3h30. De acordo com a Prefeitura de Curitiba, a evolução do paciente foi rápida e ele acabou morrendo em seguida.

Já a paciente de 72 anos procurou a UPA do Sítio Cercado por volta das 5h57 com sintomas de infecção respiratória. O caso se agravou rapidamente e ela acabou morrendo. Foi coletado material para a realização do teste de covid-19.

Em ambos os casos, de acordo com a Prefeitura de Curitiba, foram tomadas todas as medidas para o atendimento dos pacientes. Ainda, a administração lembra que as UPAs têm a estrutura necessária para estabilizar os pacientes antes da transferência para um hospital.