A Justiça acatou nesta sexta-feira (01) recurso do município contra a medida que adiava em cerca de um mês o reajuste da tarifa do transporte coletivo da capital. Com isso, o novo valor (R$ 4,50) entrou em vigor a zero hora deste sábado (02).

O aumento da tarifa era para ter entrado em vigor no dia 28 de fevereiro, mesma data em que as linhas da Região Metropolitana ficaram mais caras. Porém, um dia antes,  a 2ª Vara da Fazenda Pública determinou  o adiamento da data para o dia 25 de março.

Foto SMCS

O juiz Thiago Flôres Carvalho, que aceitou o pedido de adiamento, afirmou que o prazo de uma semana entre o anúncio da prefeitura e o reajuste era “insuficiente para que houvesse uma programação por parte dos principais afetados pela medida”.

E ontem, o Tribunal de Justiça do Paraná entendeu que o adiamento configurava violação à ordem pública. Contra a decisão que adiava a nova tarifa, o município argumentou que é fato notório que os reajustes ocorrem habitualmente no mês de fevereiro.

O novo valor vale tanto para os ônibus que circulam dentro da capital, quando para os que fazem as linhas integradas da Região Metropolitana saindo de Curitiba.

O reajuste foi aplicado depois de dois anos sem alteração na tarifa e ficou abaixo da inflação no período (5,8% contra 6,7% do IPCA).

A Prefeitura argumenta que a atualização do valor em Curitiba ficou, ainda, abaixo da média dos reajustes feitos nas cidades brasileiras, de 8,7%, apenas este ano, segundo a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos.

Tradicionalmente o valor da passagem de ônibus é reajustado em fevereiro, mês em que se projeta a correção da tarifa técnica das empresas.

Como adquirir créditos

O cartão-transporte pode ser carregado com créditos nas 23 bancas de jornais cadastradas pela Urbs, na região central e em pontos comerciais de alguns terminais, onde a operação de recarga custa R$ 1,00.

Os créditos também podem ser adquiridos diretamente na sede da Urbs, na Rodoferroviária de Curitiba (12h às 18h30) e ainda pela internet (www.urbs.curitiba.pr.gov.br).