Uma mulher de 56 anos foi morta no começo da noite desta segunda-feira (27) quando tentava atravessar a BR-116 na altura do quilômetro 10, na Colônia Farias, em Colombo, região metropolitana de Curitiba. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista responsável pelo acidente não possuía carteira de habilitação. A vítima, segundo familiares, seria esquizofrênica.

Foto: Daniela Sevieri/Banda B

O Policial Rodoviário Marchiori, que atendeu a ocorrência, próxima ao Santa Mônica Clube de Campo, afirmou que a Rodovia Régis Bittencourt é perigosa em quase toda a sua extensão, por não haver uma passarela de passagem para pedestres. “É perigoso mesmo. O que nos foi passado pela irmã da mulher é que ela teria problemas de esquizofrenia”, contou à reportagem da Banda B.

O carro que atingiu a mulher de 56 anos – Foto: Daniela Sevieri/Banda B

À PRF, o condutor afirmou estar a 80km/h na hora do acidente. “Ele foi autuado por dirigir sem possuir a CNH e será encaminhado à delegacia da Polícia Civil por crime de trânsito, por dirigir sem carteira e com perigo de dano, além de ter gerado uma vítima”, acrescentou. O teste de bafômetro foi realizado e o motorista não apresentou nenhuma quantidade de álcool no sangue.

O corpo da mulher foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba e as investigações ficarão a cargo da polícia de Colombo.