Um motociclista ficou gravemente ferido após ser propositalmente atropelado por um carro na madrugada deste domingo (9), no Bairro Alto, em Curitiba. De acordo com a Polícia Militar, tudo teria começado após uma briga entre os dois dentro de um posto de combustíveis. Revoltado com a situação, o motorista do Siena então teria perseguido o motociclista e o prensado propositalmente contra outro veículo.

Colaboração

O cadete Gimenes, da PM, explicou que os motivos da briga inicial ainda não foram apurados. “O que a gente sabe é que, após essa discussão, o motorista decidiu iniciar a perseguição. No sinaleiro, ele jogou o carro contra a vítima”, disse.

O motociclista, segundo as primeiras informações, seria um segurança. O Siate foi chamado e o encaminhou em estado grave ao pronto-socorro. Além dele, a esposa do motorista do Siena também foi atendida com ferimentos.

Diante do acidente, o motorista tentou fugir, mas acabou contido por moradores da região. Segundo Gimenes, foi um policial militar de folga que impediu o linchamento dele. “O pessoal ficou bastante revoltado com a situação, mas o policial apenas cumpriu o seu papel de preservar a maior quantidade possível de vítimas”, explicou.

No local, foi constatado que o motorista do Siena apresentava sinais de embriaguez.

A Polícia Civil passa a investigar o caso.