Um motorista ficou nervoso ao cruzar com uma viatura da Guarda Municipal (GM) e terminou a fuga com o carro capotado no fim da manhã desta terça-feira (16), em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Ele teve ferimentos pelo corpo e foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros. Segundo a guarda, o homem, de 24 anos, tem mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e homicídio.

 

Carro capotou durante perseguição. Foto: Colaboração

 

A perseguição começou no Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul. O motorista cruzou com uma viatura da guarda e fugiu, em alta velocidade pela BR-116 até o município vizinho. No bairro Mauá, já em Colombo, ele perdeu o controle do carro e capotou.

O soldado J. Santos do Corpo de Bombeiros contou que o motorista teve ferimentos moderados. “Era uma tentativa de fuga, esse motorista está fugindo da polícia, ele tem passagens e estava com mandado de prisão em aberto. Fizemos os primeiros socorros, colocamos na ambulância, pela dinâmica do acidente ele tem ferimentos moderados por causa do capotamento”, contou, em entrevista.

 

Carro não tinha alerta de furto/roubo. Foto: Colaboração

 

Segundo o soldado do CB, a velocidade do motorista estava acima do permitido, devido à fuga. “Provavelmente, estava a 70, 80 km/h, aqui é uma rua sem asfalto”, detalhou o soldado, que também contou ter ouvido a versão do motorista. “A princípio, ele contou que era traficante e que estava fugindo da polícia por causa disso”, finalizou.

O carro não tinha alerta de furto e/ou roubo. O motorista tinha mandado de prisão por tráfico de drogas e homicídios. Depois do hospital, ele será levado para a Delegacia de Polícia do município.