O motorista de aplicativo, que aparece em áudios ofendendo uma passageira, se apresentou ao 7° Distrito Policial de Curitiba nesta segunda-feira (17). No interrogatório, ele confessou ser o responsável pelos áudios e afirmou que problemas pessoais o fizeram “estourar” naquele dia. Entre os crimes pelo qual o motorista será indiciado, está o de injúria racial, uma vez que chamou a jovem negra de “preta do ca*****” e “escrava”.

Foto: Divulgação Sesp/PR

Moradora do bairro Boqueirão, a vítima postou o relato e os áudios em redes sociais, ao longo da última semana. No relato, ela contou que chorou muito e decidiu fazer a denúncia.

Em entrevista à Banda B, o delegado Cassiano Aufiero descreveu que o motorista se apresentou junto com a advogada. “Ele em momento algum negou ter praticado as ofensas e ameaças. Aqui na delegacia, ainda se disse arrependido e demonstrou vontade de se retratar com a vítima”, disse.

À polícia, o motorista alegou estar passando problemas pessoas na ocasião. “Ele estaria fazendo tratamento psicológico e nos apresentou um atestado, que tem datar posterior a do ocorrido, mas é algo para ser levado à Justiça depois. Seria em virtude desses problemas de ordem pessoal, aliado com o cancelamento da viagem, o estopim para que viesse a explodir”, concluiu Aufiero.

Com o motorista ouvido, a Polícia Civil deve encerrar o inquérito nos próximos dias, já fazendo o encaminhamento ao Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Indignação

A divulgação dos áudios gerou grande repercussão e indignação nas redes sociais.

O motorista conseguiu o telefone da passageira no próprio aplicativo, que mostra o número do celular dos usuários. Em um dos áudios ele diz: “Por que você pede o carro se você não precisa do carro? Sua filha da pu**, preta do ca*****. É um verme! Gente como você a gente trata como verme! Não tem nada para fazer? Arruma um trabalho, sua arrombada, fica fazendo o motorista de trouxa, sua otária”, começa o motorista.

As ofensas continuam. “Tua foto vai para o grupo dos motoristas aqui, para quando aparecer a tua cara na solicitação a gente bloquear. Sua arrombada! Preta do inferno! Vai arrumar o que fazer, escrava do ca*****”, completa nos áudios.

Após as ofensas, ele pediu desculpas para a jovem.