Um homem de 49 anos bateu o Focus em que estava contra o muro de uma residência, ameaçou moradores com uma faca e, com sinais de embriaguez, terminou preso em flagrante. O caso aconteceu na Rua Primeiro-Ministro Brochado da Rocha, no bairro Pilarzinho, em Curitiba, no início da manhã desta sexta-feira (1).

Após bater o carro, moradores da região foram atender o motorista, que revoltado com a ajuda pegou uma faca e passou a ameaçá-los. Em seguida, ele fugiu e acabou preso em flagrante, com fortes sinais e odor de quem ingeriu bebida alcoólica.

No local, o motorista, que se identificou como advogado e ator, ficou revoltado com a presença da Banda B. “Sou advogado e ator e tem que ter direitos autorais para gravar uma imagem minha. Não quero falar com vocês. Vocês não podem estar aqui”, repetia insistentemente.

O policial militar Pagangliso, do Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran), contou que o motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro. “Passaram para nós que houve este acidente contra um poste e o rapaz estava ameaçando moradores com uma faca. Um guarda municipal e um policial civil que moram na região fizeram a detenção. Oferecemos o bafômetro e ele se recusou a fazer. Foi preso por embriaguez ao volante e será levado à delegacia”, descreveu.

Um morador que tentou ajudar o motorista contou que foi recebido com agressividade. “Levantei para ver o barulho e fui perguntar se ele estava bem, mas na hora fez menção de estar armado. Para preservar minha família chamei a Polícia Militar”, explicou.

O condutor foi encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito, onde fica à disposição da Justiça.