Dois motociclistas se envolveram em um acidente grave na manhã desta terça-feira (11), no bairro Uberaba, em Curitiba. Um deles está em estado grave e uma médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para prestar os primeiros atendimentos no local. Segundo testemunhas, uma das motocicletas passou por cima da outra, em um trecho de reta.

 

Acidente entre duas motos. Foto: Banda B

 

O acidente aconteceu na Avenida Comendador Franco, conhecida como Avenida das Torres, na pista sentido São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, pouco antes das 7 horas. Uma das motos é uma Kawasaki Ninja, que – segundo testemunhas, estava em alta velocidade.

 

Motoristas e testemunhas iniciaram os primeiros socorros. Foto: Banda B

 

O motociclista Josias de Andrade seguia para o trabalho e viu o acidente. “O motoqueiro da Ninja veio acelerado desde lá de cima, o outro estava devagar na pista e ele passou por cima. Os dois já caíram desacordados, foi muito feio, assustador, nunca tinha visto acidente assim. Não tem como ele querer passar por cima do outro”, descreveu a testemunha.

 

Os dois motociclistas foram levados a hospitais. Foto: Banda B

Socorro

Seguindo para o trabalho, a soldado Taís, da Diretoria de Apoio Logístico da Polícia Militar (PM), parou assim que viu o acidente e iniciou os primeiros socorros às vítimas.

“Vi o acidente, foi bem grave, os dois motociclistas estavam desacordados, foi acionada a ambulância e chegou o apoio de uma médica para fazer todo o procedimento. Acredito que a vítima mais grave seja o motociclista da moto menor, ele ficou com a perna presa embaixo da moto. Precisamos remover a roda para então tirá-lo debaixo, foi uma situação bem delicada. Fratura bem severa na perna”, descreveu.

 

Avenida das Torres ficou bloqueada. Foto: Banda B

 

Segundo informações apuradas no local, o motociclista da Ninja é um sargento da Aeronáutica e tem 48 anos. A identidade do outro motociclista não foi apurada no local devido à gravidade.

Bloqueada

A rua foi totalmente bloqueada para o trabalho dos socorristas e médica por cerca de 40 minutos. Os dois motociclistas foram levados a hospitais de Curitiba.