Perto de completar quatro meses desde o primeiro óbito por Covid-19 no Paraná, o número de mortes pela doença superou nesta quarta-feira (29) o número de homicídios ocorrido em todo o ano de 2019. De acordo com o boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), os óbitos provocados pelo coronavírus chegaram a 1.792. Já o número de homicídios dolosos ocorrido no ano passado, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), foi de 1.780.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Segundo a Secretaria de Saúde, o Paraná confirmou nesta quarta-feira (29) 1.517 novos casos e 71 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná acumula 70.155 diagnósticos positivos da doença.

Maior cidade do estado, Curitiba lidera ambas as listas. No ano passado, a capital teve 245 assassinatos. Já nos números da Sesa da Covid-19, Curitiba já alcança 517 mortes, mais do que o dobro.

Homicídio doloso é aquele ato criminoso em que alguém tem a intenção de matar outra pessoa e tem plena consciência do que faz e é esse dado que consta na estatística da Sesp.

No Paraná, a primeira morte por coronavírus foi confirmada em 1° de abril.