A morte do autônomo Anderso Castellani, de 41 anos, por complicações da covid-19, causa intensa comoção nas redes sociais. O morador de Curitiba, que levava uma vida saudável, acabou não resistindo às complicações da doença.

Anderson morreu aos 41 anos (Foto: Facebook)

 

Anderson morreu nesta quinta-feira depois de quase um mês internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Vicente. No dia 20 de novembro, ainda na enfermaria, ele postou uma foto dizendo que estava em tratamento.

Uma prima de Anderson lamentou a morte dele na rede social Facebook. “Deus decidiu que era sua hora, precisava de sua alegria, ao lado Dele. Sentiremos eternamente sua falta, descanse em paz🙏🙏. Vítima da covid-19”, postou.

Outra amiga deixou um recado a quem minimiza a covid-19. “Que a imagem desse moço cheio de saúde, com uma longa vida pela frente, sirva de alerta para muitos que não acreditam na gravidade da doença“, disse.