Foto: Flávia Barros/Banda B

 

Moradores do bairro Vila Militar, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, bloquearam a rua Engenheiro José Gilberto Higino da Costa na tarde desta segunda-feira (14) contra o fechamento do acesso ao Contorno Leste. Os manifestantes também questionam a condição do asfaltamento no local. Segundo os moradores, que colocaram fogo em galhos espalhados pela rua, essa era a principal via de conexão da região à rodovia.

Em entrevista à Banda B, o presidente da Associação dos Moradores da Vila Militar, Sírio Pacheco, afirmou que não é a primeira vez que o grupo tem pedido esclarecimentos ao poder público. “Faz tempo que estamos reivindicando os nossos direitos”, afirmou. “Desde o fechamento, pessoas percorrem até 11km para chegar ao trabalho”, lamentou Pacheco.

Sandra Mara da Rocha, outra moradora da região, revela a dificuldade de deslocamento desde o fechamento do acesso. “Todo o escoamento é feito por essa avenida e não tem como ser de outra forma”, analisou. “Nós não reivindicamos a abertura, mas sim a melhora das condições de saída do bairro”, acrescentou.

“Em uma emergência, a população não tem uma saída rápida para os casos de doença ou algum imprevisto desse tipo”, disse à Banda B. Ela também afirmou que o grupo de manisfestantes ainda não obteve uma resposta satisfatória da prefeitura, mesmo após vários requerimentos protocolados no Executivo municipal.

“Já abrimos um processo na prefeitura e também no Fórum do Ministério Publico, encaminhando um documento com mais de 500 assinaturas que reivindica melhores condições no tráfego. Já nos foi informado que o projeto existe e a verba já está disponível, mas nada aconteceu até agora”, disse.

Caso as reivindicações não sejam atendidas, os moradores prometer voltar ao local. “Pediremos apoio para a Polícia Rodoviária e para a Polícia Militar e os manifestantes farão uma nova paralisação com mais ênfase para ver se conseguimos chamar mais atenção”, afirmou Sandra.