(Foto: SMCS)

Um novo desvio de trânsito será executado a partir da próxima segunda-feira (19/11) na Linha Verde, para continuidade dos serviços nas ruas Fúlvio Alice e Amazonas de Souza Azevedo. No local será construída uma trincheira, paralela à já existente na Rua Gustavo Rattman.

Os desvios serão apenas entre as pistas, sem que o motorista precise sair da rodovia. Os condutores, nos dois sentidos, serão desviados a partir das 10h por meio de sinalização instalada pela empresa responsável pela obra, algumas quadras antes do ponto de bloqueio. A previsão inicial de duração da obra é de 90 dias.

A Superintendência de Trânsito (Setran) orienta que os usuários da região reduzam a velocidade e redobrem a atenção para as mudanças na circulação e na troca de pistas.

Etapa final

A Linha Verde é o sexto eixo de transporte da cidade e de integração de Curitiba à Região Metropolitana. São 22 quilômetros de extensão (pelo leito da BR-476) ligando a cidade do Sul ao Norte desde o Pinheirinho ao Atuba, beneficiando 22 bairros numa área de abrangência de 287 mil pessoas.

O trecho sul está concluído e seis estações estão em operação com o ônibus Ligeirão (Pinheirinho, Vila São Pedro, Xaxim, Santa Bernadethe, Fanny e Marechal Floriano) na ligação ao Centro da cidade (Lourenço Pinto).

O trecho norte é a parte final de obras da Linha Verde. Estão em fase de conclusão as obras do lote 3.1, no trecho de 2,2 quilômetros desde o viaduto da Avenida Victor Ferreira do Amaral até o Rio Bacacheri, próximo ao Hospital Vita. Os investimentos são de R$ 56,1 milhões.

Também integra esta etapa o lote 3.2, de construção da trincheira da Rua Fúlvio Alice, próxima à Igreja Batista do Bacacheri. A obra está em execução, com investimentos de R$ 28,7 milhões. A previsão é que estes dois lotes de obras estejam concluídos em abril de 2019.