Foto: Divulgação

O lar Recanto Tarumã, local em que funciona duas unidades operacionais da instituição mantenedora Socorro aos Necessitados, pede ajuda para continuar promovendo o importante trabalho de cuidado de cerca de 100 idosos em sua sede no bairro Tarumã, em Curitiba. Sobrevivendo de doações de pessoas físicas e jurídicas, alem do auxílio da prefeitura, o lar de repouso possui uma  equipe composta por médicos e psicólogos capacitados para cuidar da dignidade dos moradores da casa. ”

Temos uma ajuda financeira da Prefeitura, em torno de 2.100 reais por mês por pessoa, mas cada idoso custa o dobro disso, pois temos uma equipe médica para que os moradores tenham um bom atendimento ao seu alcance”, explica Antônio Carlos dos Santos Lima, presidente da Instituição. O custo médio de cada idoso, segundo ele, é de R$ 4.330 reais.

Idosos participam de oficinas de pintura e aulas de jardinagem – Foto: Divulgação

Com uma diretoria composta somente por voluntários, o local possui um quadro de funcionários de aproximadamente 97 colaboradores, responsáveis por um atendimento permanente 24 horas por dia. Mas todo começo de mês, o Recanto Tarumã enfrenta dificuldades para levantar fundos. “Pedimos ajuda ao povo curitibano para que possamos continuar com esse projeto”, apela Antônio.

Criado com o intuito de cuidar estritamente de homens idosos acima dos 60 anos, o Recanto Tarumã aceita todo o tipo de amparo de terceiros. “As formas de ajudar a instituição podem ser por meio de doações e/ou do trabalho voluntário. Nessas doações, disponibilizamos a renúncia fiscal, além de uma contribuição de uma parte do Imposto de Renda para o Recanto. As doações de pessoa física ou jurídica pode ser por boleto ou débito bancário”, diz o presidente.

Dignidade humana

Odamir Bartolomeu, um dos mais ilustres moradores do Recanto Tarumã, conta que chegou à instituição por acaso. “Eu estava com 70 anos e vim morar em Curitiba, mas não achei emprego. Aí me lembrei do Recanto, que já havia visitado, e vim aqui para experimentar. Faz mais de quinze anos que cheguei e não pretendo sair”, conta.

“Sou muito bem tratado, me consideram como gente, temos tratamento de saúde, dentista e temos tudo que a gente precisa, não nos falta nada. Isso aqui era o que eu esperava para a minha velhice”, revela.

Além das atividades de jardinagem e pintura, Odamir também faz parte do grupo musical ‘Os Velhos Gurís’, que realiza shows em prefeituras e colégios da cidade tocando sambas antigos.

Odamir, segundo da direita para a esquerda – Foto: Divulgação

“A casa está aberta para que as pessoas possam conhecer o nosso trabalho”, reforça Antônio Lima, presidente da instituição. O Recanto Tarumã fica na rua Konrad Adenauer, 576, no bairro Tarumã. Interessados em ajudar a instituição devem entrar em contato pelo telefone 3266-3813 ou pelo Whatsapp 98898-2384.