Um jovem de 19 anos, que morava em Colombo, região metropolitana de Curitiba, e passava a tarde desta quarta-feira em Morretes, Litoral do Paraná, desapareceu na parte mais profunda do Rio São João, que corta a região. A vítima estava na água com dois primos, quando a situação aconteceu. Inicialmente, ele foi retirado das águas por parentes, até a chegada do Corpo de Bombeiros.

(Foto: Reprodução Ilha do Mel FM)

 

Com a chegada de uma equipe dos bombeiros foi constatado o afogamento grave do rapaz, que estava em parada cardiorrespiratória. Atendido no local pelos militares, ele foi encaminhado por uma ambulância do Samu até o quartel da corporação, onde estava a tripulação do helicóptero Falcão 03, do BPMOA – Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas. A médica desembarcou da aeronave e iniciou o suporte avançado de vida à vítima, com apoio de equipamentos especializados.
Apesar de todos os esforços e recursos disponibilizados, após cumprido o protocolo de procedimentos, foi decretada a morte do rapaz.

Recomendação

O Corpo de Bombeiros não recomenda o banho ou natação em áreas profundas de rios, por trazerem muitos riscos aos banhistas. Procure permanecer nas margens ou áreas rasas, refrescando-se com responsabilidade.