Jhonathan está em tratamento desde outubro (Colaboração)

 

Uma simples cirurgia para correção do septo nasal mudou a vida de Jhonathan Godoi Dutra, de 19 anos. Morador de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, ele descobriu ter um raro tumor cardíaco, o que mudou completamente sua rotina. De outubro para cá, as viagens até oncologistas de referência se tornaram constantes, como a que será feita nesta sexta-feira (3) para a cidade de São Paulo. De acordo com a família, a alternativa para Jhonathan foi encontrada em um médico do Canadá e, para trazê-lo para o Brasil, uma vaquinha online passou a ser a esperança.

De acordo com a mãe, Ivone Godoy, Jhonathan já passou por vários médicos e o medo é o rápido crescimento do tumor. “O problema é que o tumor já está com mais de cinco centímetros de tamanho e está em cima de um nervo do coração, está sendo muito difícil e os médicos estão tomando muito cuidado para mexer nele. Foi isso que despertou a atenção de uma equipe do Canadá, já que o Brasil não tem médicos especializados nessa área”, explicou.

Jovem será levado para São Paulo na sexta, onde biópsia será realizada

Mesmo tendo cobertura de um plano de saúde, Jhonathan sofre com a dificuldade do tratamento. A busca, então, passou a ser a arrecadação financeira, já que os custos são muito altos. Em São Paulo, inclusive, onde Jhonathan deve passar mais dias a partir de uma nova etapa do tratamento, o custo de vida é bem mais alto que o de Curitiba.

Outro desafio é o tempo da cirurgia, é o tempo, já que o tumor cresce a cada dia. Ele parou os estudos e não conseguiu prestar vestibular. “O Jhonathan é jovem e está arrasado com tudo. Precisamos trazer esse médico o mais rápido possível até para que ele não precise de transplante”, disse Ivone.

A família explica ainda que uma nova biópsia será realizada em São Paulo, mas a preocupação é a falta de especialistas para tratar do jovem.

Vaquinha

A vaquinha de Jhonathan pretende arrecadar R$ 200 mil, um valor ainda bem abaixo do total que a família precisa. Segundo Ivone, o tratamento custa mais, mas esse valor busca justamente a possibilidade de trazer o médico do Canadá. “Qualquer ajuda é muito bem vinda, se for uma oração a gente já agradece e ficamos muito agradecidos com qualquer valor”, concluiu a mãe.

Para ajudar Jhonathan, basta clicar aqui.