O jovem curitibano Felipe Tiago Morais, de 23 anos, tem dificuldades para contar a história que você vai conhecer agora, mas quer homenagear o pai e a mãe. Ele e a irmã de 13 anos perderam os dois quase ao mesmo tempo, no dia 4 de novembro. O pai Marcos, de 62 anos, morreu dentro de uma agência bancária, vítima de um infarto fulminante. A mãe Ana, de 42 anos, morreu após passar três semanas entubada no Hospital Vitória, no CIC, vítima da Covid-19. Felipe recebeu a notícia da morte dos dois ao mesmo tempo, ao chegar no hospital.

“O que eu sabia era que meu pai tinha ido a uma agência bancária e não voltou na hora que combinamos. Fui então ao hospital porque me disseram que precisam falar comigo sobre minha mãe, que estava internada. Lá, fiquei sabendo, ao mesmo tempo, que os dois tinham morrido, com poucas horas de diferença. Um não ficou sabendo da morte do outro”, conta Felipe, emocionado.

A mãe Ana, o pai Marcos , a irmã de 13 anos e Felipe – Arquivo pessoal

A morte do pai de Felipe foi notícia no Portal Banda B, no dia 4. “Cliente de banco encontra homem morto no autoatendimento dentro de agência bancária”. A vitima era o pai de Felipe e a razão da morte foi um infarto.

“Meu pai tinha feito uma cirurgia no coração em 2011. Ele se cuidava, mas nos últimos tempos, com a doença da minha mãe e muitas dívidas, ele foi ficando cada vez mais nervoso. Acho que isso o abalou demais”, disse Felipe.

O jovem também contou o drama da mãe, que passou um mês internada.

“Minha mãe começou a sentir dores na região do maxilar há algum tempo. Foi em três dentistas e um disse que era problema de canal, outro uma dor de dente e um terceiro fez duas extrações. Como nada adiantou, uma amiga disse pra ela fazer uma tomografia e foi aí que ela descobriu um tumor benigno no rosto. No início de outubro ele fez uma cirurgia e depois foi pra casa. Daí começou a ter reações com os remédios e voltou várias vezes ao hospital. Acho que numa dessas vezes ela contraiu Covid, mas a gente não tem como saber”.

Felipe lembra que a mãe ficou internada por uma semana e precisou ser entubada, porque o caso agravou.

“Ela passou três semanas entubada, inconsciente, até que não resistiu. Não chegou a saber da morte do meu pai, assim como ele também não teve mais esta dor de saber que ela partiu”.

Dificuldades

Felipe e a irmã de 13 anos estão enfrentando dificuldades não só pela dor, mas também por problemas financeiros. Ele trabalha como auxiliar administrativo e teve que trancar o curso de Educação Física no último ano por não ter como pagar a mensalidade. Agora, com as dívidas da família, não sabe como vai cuidar da irmã e achar um lugar para morar.

“A nossa casa já tinha ido a leilão por falta de pagamento do financiamento. Parece até que já foi vendida. Não sei quanto tempo vamos poder ficar aqui e nem sei pra onde vou com minha irmã. Tudo está muito difícil“, conta.

Vakinha

Amigos de Felipe organizaram uma Vakinha online para ajudar a ele e à irmã. Até o momento, a vaquinha havia arrecadado R$ 11,6 mil.

Quem puder ajudar, basta clicar no link:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/vakinha-do-felipe-thalia-yohana-sampaio