O Jornal Metropolitano (JM) desta semana recebeu, nos estúdios da Rádio Banda B, o secretário municipal de Meio Ambiente de São José dos Pinhais, Áriston Ghidin. Durante entrevista ao programa, apresentado por Elizangela Jubanski e Luiz Henrique de Oliveira, ele falou sobre como a cidade tornou-se referência na coleta do lixo.

Atualmente, pelo ranking nacional de Sustentabilidade e Limpeza Urbana, o município metropolitano aparece no sexto lugar nacional e segundo estadual. Para o secretário, o resultado é fruto de muito trabalho, especialmente na conscientização da população.

“Retiramos uma empresa terceirizada e apoiamos as associações de catadores, que hoje são quatro. Nós temos a coleta do lixo orgânico e inorgânico, tanto na zona urbana como na rural. Reduzimos custos e trabalhamos na educação ambiental da população e não conseguiríamos nada sem isso. Inclusive, nós vamos lançar no futuro uma campanha em rádio e televisão para fortalecer ainda mais esta questão”, disse o secretário.

Ghidin destacou ainda a importância das cidades metropolitanas trabalharem juntas no presente e pensarem da mesma forma para o futuro. “É importante uma união das cidades. Nosso lixo é processado e levado para aterros sanitários, pelo consórcio metropolitano. No futuro, queremos trabalhar em uma matriz energética para o lixo, com ele sendo levado para usinas, onde será usado para a produção de energia” destacou.

Zona rural

Outro grande desafio enfrentado pela administração municipal é referente ao descarte de lixo nas zonas rurais, como por exemplo dejetos da construção civil. Para isso, aconteceu a implantação da Guarda Ambiental.

“Nos ajudará neste sentido, além da questão de loteamento irregulares em locais de preservação e o abandono de animais. É algo muito importante para a população, fazendo com que São José se torne ainda mais referência nas questões ambientais”, concluiu.

O JM vai ao ar todo domingo na Rádio Banda B, a partir das 6h, com reportagens também no Portal da Banda B.