Um internauta flagrou uma briga entre passageiros dentro do Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no fim da noite desta quarta-feira (12). Um esbarrão em um voo que chegava de São Paulo teria motivado a confusão.

Segundo o autor da filmagem, um estudante que estava no mesmo avião e não será identificado, tudo aconteceu na saída da aeronave. “Foi uma família e um rapaz que estava sozinho. Houve um esbarrão e eles começaram a discutir já na saída. Na hora de pegar as bagagens, eles entraram em vias de fato”, descreveu à Banda B.

De acordo com ele, a discussão foi longa e não houve a intervenção de seguranças. “Não apareceram e foram os passageiros mesmo que separaram. Foi uma gritaria muito grande e os passageiros ficaram indignados”, concluiu.

Após socos e empurrões, os envolvidos na briga foram embora e não se cruzaram mais.

Sobre o caso, a Infraero enviou a seguinte nota:

Sobre a ocorrência entre passageiros no desembarque do Aeroporto Afonso Pena na madrugada desta quinta-feira (13/9), as Polícias Federal e Militar foram acionadas pela segurança operacional e patrimonial do aeroporto imediatamente. As partes envolvidas foram conduzidas pela Policia Militar até o módulo policial, onde foi realizado o registro da ocorrência.
 
Cabe destacar que o policiamento e a preservação da ordem nas áreas públicas dos aeroportos são de responsabilidade dos órgãos de Segurança Pública dos Estados e do Distrito Federal. Nas áreas restritas, por sua vez, a segurança é de competência da Polícia Federal. Isso está definido no Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil contra Atos de Interferência Ilícita (PNAVSEC – Decreto nº 7.168/2010)
 
Como operadora aeroportuária, a Infraero é responsável pela infraestrutura de um aeroporto (escadas rolantes, elevadores, pista de pousos e decolagens etc.). Além disso, a empresa mantém diálogo constante com os órgãos de segurança no sentido de garantir a segurança das instalações do terminal. A empresa conta também com uma equipe de segurança contratada nos aeroportos para realizar a vigilância operacional e patrimonial. Caso seja observada alguma atitude suspeita ou ação ilícita no saguão ou em outras áreas, as autoridades policiais competentes são acionadas imediatamente.