A professora Lucineia Drohomereschi, de 47 anos, morreu neste domingo (13) por complicações da covid-19. Ela estava internada no Hospital da Cruz Vermelha, na capital. Ela era diretora CMEI Erondy Silvério, no bairro Tatuquara, em Curitiba, além de presidente do FUNDEB e integrante do Conselho Municipal da Educação de Curitiba. (Para saber mais sobre as vítimas da covid-19 em Curitiba e região acesse o Memorial à vítimas criado pela Banda B)

Morte de diretora de Cmei causa comoção na rede social (Foto: Facebook)

 

Na rede social Facebook, a secretária municipal de Educação de Curitiba, Maria Silvia Bacila, lamentou a perda da professora. “Seja recebida pela corte de anjos com cânticos de glória, estimada Lucineia! Vai fazer falta na nossa valorosa rede municipal de ensino de Curitiba. Abraçamos sua família nesse momento de dor da separação física. Em nossa última conversa colocou sua vida nas mãos de Deus. Saibamos nós entregar nossos propósitos a Ele”, disse na postagem.

Curitiba tem até o momento 38.336 casos confirmados de covid-19, com 1128 mortes pela doença.

Diretora ao lado da secretária municipal de Educação, Maria Bacila (Foto: Facebook)