Um homem morreu afogado, no início da tarde desta sexta-feira (15), enquanto tentava salvar duas crianças de afogamento em uma cava, localizada na área do Palmital, no município de Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Ele ficou submerso por cerca de 25 minutos, até ser salvo por pescadores que estavam na região. Segundo informações de testemunhas, o local não é próprio para banho, usado geralmente como ponto de pesca.

Nadar em cavas pode provocar acidentes graves. – Na imagem, aviso proibindo a pesca e o nado no lago do parque Passúna.
Foto: Valdecir Galor/SMCS

A reportagem da Banda B entrou em contato com o técnico em segurança no trabalho, Gabriel Mariano, que presenciou a cena e foi o responsável pela ligação ao Corpo de Bombeiros. “Duas crianças estavam se afogando e não conseguiam voltar para a beira. Então esse rapaz e mais dois homens entraram na água e salvaram os dois. Mas um deles não conseguiu retornar”, contou. “Ele gritava e dizia que não conseguia retornar e então sumiu”, disse.

Ao presenciar a cena, Mariano ligou para o socorro, mas o jovem morreu no local. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Batalhão de Operações Aéreas da Polícia Militar tentaram a ressuscitação, sem sucesso.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba.