Um homem de 30 anos teve ferimentos graves ao mergulhar em uma cava na tarde deste sábado (10), em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Ele pulou para dentro das águas e bateu a cabeça no fundo. O Corpo de Bombeiros e ambulâncias do Samu tiveram dificuldade para acessar o local e socorrer o homem.

A cava fica no bairro Weissópolis, na rua Rio Japurá próxima ao cruzamento com a Rio Cubatão. Os amigos estavam reunidos para tomar banho no local, quando o homem pulou de cabeça. A cava não tinha o mesmo nível de água devido à seca.

 

Bombeiros fazendo o resgate e socorro da vítima. Foto: Banda B

 

Os amigos do homem notaram o acidente e, então, conseguiram puxá-lo para as margens. Mas, o socorrista Gustavo disse que a pancada foi forte. “Os amigos contaram que ele pulou no rio de ponta e bateu a cabeça no fundo da cava, estava muito raso porque não tinha um metro de profundidade”, alertou.

O subtenente Paulo do Corpo de Bombeiros disse que o grupo de amigos estava em um local de difícil acesso. “A vítima pulou, ela não sabia da profundidade porque bateu a cabeça no chão e provavelmente fraturou a cervical”, disse à Banda B. “Tivemos dificuldade para acessar a cava porque é um local de difícil acesso, passamos por duas cavas antes de chegar na vítima”, completou o subtenente.

Depois disso, um helicóptero da Polícia Militar (PM) encaminhou o homem para o Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, também região metropolitana. Sinais clínicos iniciais indicaram que o jovem teve uma lesão grave na coluna.