O governador de São Paulo, João Doria, aceitou nesta segunda-feira (7/12) a parceria proposta pela Prefeitura de Curitiba, que vai adquirir doses da CoronaVac para imunização contra a covid-19 da população da capital paranaense.

Foto: SMCS

O governo de São Paulo anunciou que 4 milhões de doses da vacina desenvolvida pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan (SP) serão vendidas para outras regiões do país. Curitiba, capital do Paraná, é uma das primeiras capitais que fizeram reserva para compra da vacina.

A solicitação da compra foi feita pelo prefeito Rafael Greca. “O governador João Dória me ligou para confirmar que o Estado de São Paulo aceita a parceria com Curitiba”, afirmou Greca.

A vacinação em Curitiba começará prioritariamente para profissionais de saúde.

“Se a Anvisa permitir renovo o meu interesse em adquirir esta (Coronavac) e qualquer outra vacina que for disponibilizada. Curitiba compactua ao esforço para que o Brasil tenha um amplo pano nacional de imunização da população para libertar o país o mais rápido possível desta provação”, declarou o prefeito Rafael Greca.

As tratativas de quantidades de doses ainda serão definidas pela Prefeitura Municipal de Curitiba, que vai iniciar o plano de vacinação priorizando os profissionais de saúde da cidade.