Uma grave batida no fim da tarde deste sábado (7), entre um carro, uma ambulância e dois caminhões, bloqueou o trânsito do Contorno Sul, na pista sentido Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba (RMC). A batida deixou duas pessoas presas entre as ferragens dos veículos e mais seis feridos.

A Banda B apurou no local que o suspeito de ter causado o acidente sobre o viaduto da rua João Bettega, na Cidade Industrial de Curitiba, estava em uma Spin da cor Branca e fugiu do local.

 

Acidente no Contorno Sul bloqueia trânsito neste sábado (7). Foto: Djalma Malaquias/Banda B

 

O motorista Matheus Coutinho, dono de um veículo HB20 de cor branca, disse que dirigia pela rodovia quando o suspeito parou em sua frente. “Ele simplesmente, parou, freou. Eu liguei o alerta e consegui parar, a ambulância e mais um caminhão também. No entanto, o segundo caminhão não conseguiu diminuir a velocidade e bateu, causando assim todo o engarrafamento”, disse à Banda B.

Segundo Coutinho, tudo aconteceu muito rapidamente e ele só teve o tempo de reagir virando o volante do veículo. “Escutei a batida e eu, imediatamente, virei o volante e parando na grama”, comentou. Gabriel Rocha, motorista do primeiro caminhão, também contou à Banda B que não deu tempo de escapar da batida. “Eu desci para ver a situação e socorrer o pessoal que estava preso. Eu ando direto por aqui e sempre tem acidentes”, lamentou.

 

Parte da batida entre os veículos. Foto: Djalma Malaquias/Banda B

Motivo

Questionado sobre o porquê do motorista que teria causado o acidente ter parado, o dono do HB20 foi claro. “Eu não sei. A princípio não tinha nada na frente dele parado. Ele simplesmente freou com tudo, parou o veículo. Eu bati nele, ele foi um pouco para frente, saiu, olhou o que tinha acontecido e foi embora. Sem motivo nenhum”, revelou.

 

Socorristas tem trabalho para liberar ferragens. Foto: Djalma Malaquias/Banda B

 

Socorro

O médico Nogarolli do Siate Médico explicou que estava no bairro Alto da XV quando recebeu a ocorrência. Quando chegou ao Contorno Sul, o Corpo de Bombeiros já estava realizando os primeiros socorros. “Nós tivemos duas vítimas que estavam presas nas ferragens. Na ambulância estavam quatro pessoas e o motorista”, iniciou. Abaixo, o repórter Djalma Malaquias registrou o trabalho dos socorristas no Contorno Sul.

 

 

Segundo o médico, houve pessoas gravemente feridas. “O motorista da ambulância ficou bastante ferido. Um homem ficou com a perna presa por mais de 42 minutos entre as ferragens e isto nos preocupou bastante. O casal que estava em um dos caminhões e mais o motorista do carro ficaram com ferimentos leves”, concluiu.

 

 

Os envolvidos foram enviados a hospitais de Curitiba.